Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 2.6/5 (866 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...




Esportes
Esportes

Ney Franco optou por deixar o zagueiro Lucio na reserva contra o São Bernardo

Ney Franco optou por deixar o zagueiro Lucio na reserva contra o São Bernardo

19/03/2013 - 18h26

Ney Franco admite desconforto no São Paulo e diz que saída de Lúcio foi decisão técnica

Mauricio Duarte
Do UOL, em São Paulo

O treinador Ney Franco admitiu nesta terça-feira que está desconfortável com as polêmicas que cercaram o São Paulo nos últimos dias. De acordo com ele, isso interfere no clima com os jogadores e é preciso saber equilibrar isso nos bastidores do clube.

“Claro que temos momentos desconfortáveis, quando a imprensa toda que cobre o clube diz que você está desconfortável. Mas isso não pode tirar o equilíbrio. Todo lugar que eu chego hoje, com amigos, o assunto é a situação do time na Libertadores e a minha situação no clube”, desabafou.

Ampliar


Dida conversa com Lúcio durante a partida contra a França, que marcou o adeus da seleção da Copa de 2006 Arquivo/Reuters

Ney voltou a falar que esse tipo de situação deixa seu trabalho e o dos atletas expostos demais e que é preciso resolver internamente. “Da forma como está sendo colocado interfere muito no nosso dia a dia. Vemos treinador e jogadores expostos e muitas vezes são informações sem fundamento, então interfere sim”, criticou.

O treinador teve que lidar recentemente com dois casos emblemáticos de jogadores insatisfeitos por não serem aproveitados: Lúcio e Ganso. Depois de um entrevero público, Ney Franco garante que o ambiente voltou a estar em paz com os atletas. O zagueiro o procurou para esclarecer as coisas. “Ele conversou comigo, eu conversei com o elenco todo, com alguns atletas individualmente. Conversamos e já está tudo resolvido”, explicou.

Apesar disso, o zagueiro ficará no banco de reservas na partida contra o São Bernardo, nesta quarta. Ney afirmou que a decisão foi puramente técnica. “Foi muito pelo desempenho do Tolói e do Edson na última partida. Eles defenderam bem e foram coroados com gol”, justificou.

O comandante tricolor acredita que o momento mais delicado já ficou para trás. “Acho que o mais difícil já passou. Temos jogos que no calor pode acontecer algum problema, mas espero que não tenhamos mais nenhum problema que possa respingar nos jogadores ou no treinador, dizer que o grupo não está unido. Acho que na conversa interna que tivemos ajustamos tudo isso aí”, finalizou.


 

 

 

topo